sábado, 31 de janeiro de 2009

MorangOs na S10...rs!

Ops! que menina agitada esse moranguinho que amiga doida eu arrumei. Nunca passei tanto pela mesma rua nem mesmo pra me agradar. Já estava tão acostumada com os desencontros que nem tinha mais esperança. Mas ela não ela não ela não desiste nunca...
tivemos uma noite tranquila e no + tudo em paz!
.... depois continuo..rs!
ela chegou aqui...

sexta-feira, 30 de janeiro de 2009

A SíndrOme da Maysa!

Êta quem não ficou curioso para saber o final do outro lado da Maysa?! Quem não sentiu raiva por se vê muitas vezes naquela pessoa que viveu a vida toda ou pelo menos até o final esperando encontrar a felicidade em tudo e em nada com a mesma intensidade?! Pois bem, dei risadas com a Maysa porque tinha em mim que não existia no mundo alguém tão melancólica quanto eu. Percebi também que a melancolia a tristeza são marcas registradas de nós seres humanos. Eu fui e quase sempre um pouco de Maysa, quando não via problema algum em me fazer mal. Pera que explico!!! Eu sempre disse o que pensava sempre achei que o amor de verdade não é o que sentimos somente por aquele que casaremos ...Amor de verdade vai além dos 50 anos de casados, das alianças trocadas, das noites de insônia quando uma tempestuosa guerra fosse estabelecida por outrem. Acho que posso amar por 13 anos alguém e ser feliz por essa pessoa ser feliz com outra pessoa, mas ficar triste quando tiver que assumir pra mim mesma que a dedicação dela não seria pra mim. Amor de Maysa que preço que amor inafiançável é esse meu Deus?! Dai saiu tanto "Grito de Alerta" tanta falta de fé. Maysa pagou o preço por ser tão ilimitada. Gostei dela muita personalidade! Mas adimito que detestava a forma agressiva que ela tratava as pessoas e a si mesma, tenho medo de me tornar agressiva comigo mesma ...rs! Assim como a imprensa perseguiu Maysa já me senti perseguida por aqueles que faziam dos meus erros assunto fazia com que a minha pena me marcasse pra vida toda. Odeio essa gente toda odeio quem passa pela vida perseguindo os outros. Queria poder tirar a tristeza do peito mas ela parasitou no meu coração e a isso eu denomino de SíndrOme de Maysa!
Beijos Agridocemente triste.

quinta-feira, 29 de janeiro de 2009

Com minha melhor amiga!


Passei o dia com uma das pessoas que mais amO e escolhi amar.

Minha amiga de coração aquela que nada separa nada faz esquecer e que sei que quer muito meu bem! Ficamos nos curtindo nos cuidando (cabelos por exemplo) como faziamos antes. Ela casou teve uma princesinha linda a vida dela mudou a minha também. Passamos o dia quase que todo juntas e a noite saimos fomos jantar e levamos a nossa princesa pra comer pipoca numa festa de largo.

Dia tão bom ue nem precisa de muita descrição!

quarta-feira, 28 de janeiro de 2009

LOST- Katy Perry


I'm out on my own again
Face down in the porcelain
Feeling so high but looking so low
Party favors on the floor
Group of girls banging on the door
So many new fair-weather friends ooo...
Have you ever been so lost
Known the way and still so lost
Caught in the eye of a hurricane
Slowly waving goodbye like a pageant parade
So sick of this town pulling me down
My mother says
I should come back home but
Can't find the way cause the way is gone
So if I pray am I just sending words into outer space
Is there a lightIs there a light
At the end of the roadI'm pushing everyone away
‘Cause I can't feel this anymore
Can't feel this anymore

P.S. IssO resume o dia!

terça-feira, 27 de janeiro de 2009

PensandO melhOr o caminhO está dentrO de mim!


"A mentira enganou o amor e o traiu com mais uma de suas fábulas. Triste amor chorou e o conheceu o ódio, triste ódio não aprendeu a amar e o amor mais uma vez chorou. E para ele se apresentou a decepção.A decepção ensinou o amor ser forte. E o amor descobriu um novo jeito de amar. O amor se percebeu como único e desde desse dia todos os conhecem como amor próprio. Próprio de saber de conhecer e pronto para amar A somente quem o ama em primeiro lugar."


P.S. Hoje resolvi postar mais um de minhas criações. No dia não sei qual sentimento estava predominando mais sei que sinto como se amando estamos sujeitos a passar por tudO, ou seja, podemos manifestar nossos sentimentos das mais variadas formas. Eu hoje tô bem porque tenhO aprendido com as pessoas e comigo mesma que a minha maior responsabilidade para comigo é não sofrer por coisas que não me acrescentarão muita coisa. Portanto, que vá embora os maus amigos, os maus pensamentos, as falsas promessas, a falta de fé em mim, e a minha incapacidade de aprender o que for de melhor para minha vida e dos que me cercam.


Frase do dia: Eu aprendi que além de mim existe você e que tudO pode ser modificado quando não solucionado for. Portanto, obrigada meu Deus por mais um dia!

segunda-feira, 26 de janeiro de 2009

Ela é minha Paz!!!!


FechO os olhos de quem sinto e sinto algo que só a mim pertence. Sinto o vento bater na face agressão menos severa do que a solidão Que aos poucos fui enfrentando até ela me suportar. Percebi a pouco que a solidão nunca desiste da gente. Então feche os olhos não a encare, Saiba em todos os momentos estarei aqui para te confirmar: “Deus é bom.” Eu amo verdadeiramente a idéia de você, linda sentimental, pura e única. Na mesma instância de amor rancor de dor consolo e sempre, sempre presente. Assim como o presente de Pai (Deus é Pai) Mãe dois, de coração de razão feito canção daquelas que marca a vida inteira. Conselhos, desespero “não ande por ai” Rita sou tão feliz, Rita você aqui no coração...Paz, amor, temor não me abandone... Eu sou sua mercadoria seu guia sua fantasia. Você minha razão minha mão, minha música de ninar... Sempre e para sempre vou te amar. Minha mãe, nunca mais irmã... Mãe e pronto ponto.

AgridOcemente Feliz!

Bem...nada deveria ser tão radiante mas foi...Hoje tive um dia feliz!
Mas é engraçado porque a felicidade é tão de momento ela se apresenta de um jeito tão mais interessante pra uns e tão sem graça para os outros. Mas imagine que esse estado de espírito esse lapso entre a magia e melancolia eu as vezes denomino de FELICIDADE. Eu ser tão pequenO nem precisei de muito pra ser feliz né?! Apenas me arrumei e fui ao shopping com uma amiga comprar cadernos ( o meu é do pequeno príncipe) pra iniciar os primeiros passos de uma conclusão de cursO...Jesus nem consigO me imaginar formada...quanta emoção!!!! Mas voltandO ao dia feliz...rs! BotamOs o papo em dia e ensinamOs um pouco uma pra outra que diferença é tudO diante de tanta igualdade e que sentimOs muitO prazer em sermOs amigas. LanchamOs e não conformadas tomamos sorvete. Sabe eu no meus momentos de estágio já sinto saudade de momentos assim...Você não faz idéia do que é trabalhar com o problema dos outros, com a dor dos outros, com as frustrações dos outros e não se deixar envolver por isso...Portanto, fica claro como uma tarde ao lado de quem se gosta faz bem, renova, realimenta os sonhos os prazeres. Obrigada meu Deus por ainda me permitir encontrar a felicidade em coisas simples, tu sempre soube da minha busca por dias felizes sempre soube a dificuldade que tinha para compreender certos detalhes a respeito do caminho da felicidade...rs rs!!! Ela vive tão perto e hoje eu sei disso!
Lição do dia: A felicidade só se afasta de quem deixa de sonhar.
BeijO doce!

domingo, 25 de janeiro de 2009

O amor...


"O Verdadeiro Amor lança fora todo o medo"
(1 João 4: 16-18).

PerdOai meu amOr


"Nada encoraja tanto ao pecador como o perdão."
(Shakespeare)

sexta-feira, 23 de janeiro de 2009

SÓ JesUs!


As vezes fico pensandO que tem coisas que só Deus mesmo pra fazer suportar. Mas hoje não aconteceu nada tão assim insuportável posso dizer.. Amanhã estarei viajandO portanto acordei organizando as coisas que irei levar imagine que tô pensando em passar quase uma semana na cidade que vivi minha infância...rs! Lá fiz muita bobagem mais quem não faz bobagens quando se tem 10 pra 12 anos. E adolescência então eramOs uma verdadeira equipe eu e meus companheiros de lá (rolava de tudO) uns tiveram final feliz outros não tiveram final. Graças a Deus eu consegui superar os meus monstros e hoje pra mim tanto faz...Hummm... acho que não é bem assim tem coisas que a gente não esquece mas fazer o que?! Sabe de uma eu não tô bem ai pra morte de Irene...vixe e Irene morreu?! Que nada Irene vive falando da vida dos outros como sempre...Pera deixa eu explicar quem é IRENE...rs! Sabe aquela pessoa que fantasiamos pra dizer que não tem o que fazer essa é Irene. Outro dia peguei uma Irene falando mal de mim no orkut de uma menina que insistia pra que eu aceitasse ela. Vá a merda essa Irene! Se ela perdeu tempo falando de mim é porque não tinha tanta coisa interessante pra fazer ou vai vê que um dos sonhos dela frustrou . Graças a Deus eu não deixo de sonhar nem viver por causa dessa Irene. Ah mais deixa pra lá a parte chata. Nestante vou a igreja com uma amiga (adOro ouvir a palavra de Deus) e por incrivél que pareça ele ta sempre querendO me dizer uma coisa. Sabe quando dizem que Deus é fiel acho que é por issO o cara nunca desiste dagente. Ô coisa boa é esse Deus!!! Olha quandO voltar conto como foi e se não der tempo contar fique certo de que voltarei muito mais feliz..Sempre tento tirar felicidade de todos os lugares que vou.

Perdi você pra morte


Hoje fui ao funeral de um amigo que me ensinou muito em seu pouco tempo de vida. Portanto, fica indescritível meu sentimento no momento... Queria sair correndo e parar essa mulher chamada morte mais não sei ser rápida como ela fazer o que?! Hoje peço a meu Lindão (Deus) que me deixe dormir melhor que me ajude na hora que sentir saudade e que me dê forças pra superar tudo isso que sinto. Sentirei falta dos conselhos que muitas vezes não segui como o de falar a verdade sobre o que sinto as pessoas inclusive aos que moram longe (isso eu farei por você) é uma pena que você não vai estar aqui pra eu te contar como foi. Meu querido você sempre esteve tão presente na minha vida que ainda não aprendi dizer adeus a você. Mas descansa em paz e saiba que de tudo que vivemos fica a certeza de que você me fez feliz e que eu sempre soube o seu querer bem por mim. Te amO muitO!

P.s. Obrigada por cuidar de mim mesmo quando tava longe a morte tirou você de mim mas a vida fará com que cada lembrança seja motivação pra mais um dia feliz!

quarta-feira, 21 de janeiro de 2009

Meu amadO amigO


Meu amigo as vezes é poeta ele nunca erra nas palavras que vão tocar meu coração. Meu amigo as vezes é grande ele sempre me levantando para o pico mais alto da alto-estima. Meu amigo as vezes é pequeno ele jura que cresceu mais tem crises estúpidas de ciúmes. Meu amigo as vezes me ignora e essa é a única forma que ele tem pra se defender das minhas ofensas. Meu amigo as vezes enlouquece e isso sempre acontece quando uma lágrima anuncia querer sair dos meus olhos. Meu amigo me diz a verdade mesmo quando ela pode me machucar. Mas meu amigo as vezes mente quando afirma ter certeza que sou a melhor pessoa do mundo. Meu amigo faz falta quando precisa viajar a trabalho ou quando eu preciso de um pouco de atenção pra superar algum medo. Meu amigo chora, rir, dorme, acorda, diz até logo e hoje com seu sorriso no rosto me disse tchau minha pequena burguesa. Isso não valeu ele não me deu tempo pra responder que faço parte da corrente marxista e adoro o PT. Mas tudo bem sei que no fundo você não pensava isso de mim meu guia.

PensandO com meus BotÕes


Acho que não dá pra continuar fugindo de mais nada eu fico brincando que tô bem mais não tô. Voltei pra realidade estou em casa novamente e dessa vez não tenho planos de voltar pra lugar nenhum (estava na casa de uma amiga por dois dias). Cheguei tomei um banho e fiquei na cama ouvindo o silêncio e pensando na minha vida. Não quero ficar murmurando isso chega ser pecado porque estou agindo como se minha vida não fosse projeto de Deus e ele com certeza quer o melhor pra mim."Faça disso lição " ele sempre fala comigo mais vai passar. Eu tô assim porque a sensação de perder algo é muito ruim ainda mais algo que se ama de verdade. Ei pera ai!!!! Eu não perdi nada não se perde o que não se tem não se perde o que não se pode ter. Fica na tua que fico na minha você não precisa saber disso eu não sei porque minha loira diz que vou me sentir melhor. Que nada vou me sentir rebaixada humilhada e o pior eu sei disso e você saberá também. O silêncio logo foi cortado pelo meu vicio de procura imagens bonitas no google..rs! Faço isso sempre ouvindo música e fico viajando me imaginando nos lugares como poderia utilizar essas figuras nos trabalhos acadêmicos coisas desse tipo, algumas salvo porque simplesmente acho bonitas...rs! Por enquanto tô pensando se devo falar se vai valer a pena atravessar o jardim e quebrar a casca.


Beijos agridocemente pensativos!

terça-feira, 20 de janeiro de 2009


Inspiração dos meus sonhos, não quero acordar.
Quero ficar só contigo, não vou poder voar.
Por que parar pra refletir se meu reflexo é você?
Aprendendo uma só vida, compartilhando prazer.
Por que parece que na hora não vou agüentar,
Se eu sempre tive força e nunca parei de lutar?
Como num filme no final tudo vai dar certo.
Quem foi que disse que pra tá junto precisa tá perto?
Pensa em mim
Que eu tô pensando em você
E me diz
O que eu quero te dizer
Vem pra cá, pra eu ver que juntos estamos
E te falar
Mais uma vez que te amo
O tempo que passamos juntos vai ficar pra sempre,
Intimidades, brincadeiras, só a gente entende.
Pra quem fala que namorar é perder tempo eu digo:
Ha muito tempo eu não cresci o que eu cresci contigo.
Juntos no balanço da rede, sob o céu estrelado,
Sempre acontece, o tempo pará quando eu tô do seu
lado.
A noite chega eu fecho os olhos e é você que eu vejo,
Como queria estar contigo eu paro e faço um desejo:
Pensa em mim
Que eu tô pensando em você
E me diz
O que eu quero te dizer
Vem prá cá, pra eu ver que juntos estamos
E te falar
Mais uma vez que te amo
Mais uma vez que te amo...

segunda-feira, 19 de janeiro de 2009

Meu coração só sabe ser silencioso

Queria sair gritando berrando alucinando por ai. Queria chorar até dormir como sempre fiz com saudade de nós.Queria ficar quetinha não precisar ouvir e nem falar com ninguém. Queria me isolar do mundo pra não ter que conviver com tanta tristeza.Tenho medo de não fazer a coisa certa de deixar a porta aberta e qualquer um entrar.Passei a ter medo do escuro e do nosso lado seguro de você lá e eu cá.Não faço bem nem a mim mesma nesse momento... Odeio Você odeio...pelo menos agora nesse momento.

POis é...


sábado, 17 de janeiro de 2009

"Eu não finjo amor eu simplesmente amo. Eu não choro a minha dor somente choro por muitas vezes a de quem amo. Eu não lamento o que não fiz eu pago o preço quando é preciso. Eu não corro pra pegar o bonde andando eu faço ele esperar se for preciso. Eu sempre acordo pra viver uma alegria e compreendo quando ela não vem sozinha. Eu faço acontecer só não sei fazer morrer a chama de você acesa dentro de mim."
Agridoce

sexta-feira, 16 de janeiro de 2009

Pra refletir viu PessOas!!!!

Morre lentamente quem não viaja, quem não lê, quem não ouve música, quem não encontra graça em si mesmo.Morre lentamente quem destrói o seu amor-próprio, quem não se deixa ajudar.Morre lentamente quem se transforma em escravo do hábito, repetindo todos os dias os mesmos trajetos, quem não muda de marca, não se arrisca a vestir uma nova cor ou não conversa com quem não conhece.Morre lentamente quem faz da televisão o seu guru.Morre lentamente quem evita uma paixão, quem prefere o negro sobre o branco e os pontos sobre os "is" em detrimento de um redemoinho de emoções, justamente as que resgatam o brilho dos olhos , sorrisos dos bocejos, corações aos tropeços e sentimentos.Morre lentamente quem não vira a mesa quando está infeliz com o seu trabalho, quem não arrisca o certo pelo incerto para ir atrás de um sonho, quem não se permite pelo menos uma vez na vida fugir dos conselhos sensatos.Morre lentamente, quem passa os dias queixando-se da sua má sorte ou da chuva incessante.Morre lentamente, quem abandona um projeto antes de iniciá-lo, não pergunta sobre um assunto que desconhece ou não responde quando lhe indagam sobre algo que sabe.Evitemos a morte em doses suaves,recordando sempre que estar vivo exige um esforço muito maior que o simples fato de respirar.Somente a perseverança fará com que conquistemos um estágio esplêndido de felicidade"
Pablo Neruda

MedO do espelhO


Nada me dá mais medo do que ter que olhar pra dentro de mim. Tenho medo de entrar em mim e não mais voltar. Muita gente não tem coragem de dizer issO muita gente tem coragem de enfrentar um batalhão mas fazer um passeio dentro de si lhes causa um pavor tão imenso que passam pela vida sem saber reconhecer os seus medos as suas fraquezas e coisas assim. Eu sei alguns de meus medos e sei um pouco dos meus desejos estes por sinal desaparecem como fumaça principalmente quando sinto que vou me arriscar demais. Não gosto da idéia de que preciso me arriscar por outrem. Em uma das minhas visitas no espelho da minha alma passei a ficar incrédula quando o assunto é depender do outrO. Mais tenho meus motivos!!! Descobri também que tenhO medo de sentir e logo eu que sou tão intensa nas minhas coisas tenho medo de amar e aceitar a formação ou revelação desse sentimento. Isso sim é que é ter coragem admitir uma coisa desse tipo...MedO de sentir?! É posso até ter medo de sentir mais também não tenho controle sobre isso acho que é por isso que tenho medo da minha falta de controle. O fato de não podermos decidir de quem gostar me apavora. E isso o espelho não revela por maior que sejam as nossas visitas na alma ela não nos manda tomar cuidado e nos protege quando é preciso.

Um verdadeiro mitO.


Ramón, este era o codinome usado por Che Guevara na guerrilha da Bolívia. Seus soldados, em sua maioria cubanos e alguns bolivianos o chamavam assim. Desde 1965, quando Fidel publicou sua carta de despedida, ninguem sabia onde Che se encontrava. Mas quando o exercito boliviano, juntamente com a CIA capturaram o intelectual francês Regis Debray agente de ligação entre Fidel e Che em Muyupampa (vilarejo ao sul da Bolívia), e o torturaram, descobriram com certeza de que Ramón era relamente Ernesto "Che" Guevara de la Serna.
Che havia dividido seus homens em dua companhias, uma liderada por ele pessoalmente e uma por Joaquim. O grupo de Joaquim foi exterminado em Vado del Yeso. E agora Che Guevara encontrava-se com um número reduzido de homens, 17 para ser mais preciso, e cercado, após 11 meses de manobras de guerrilha, em La Higuera. No dia 08 de outubro de 1967, após longo tiroteio, com a arma avariada e com uma bala transpassada na perna Che se entrega. Sujo, esfarrapado, magro, aparência que remetia um medigo, ele foi levado para um casebre que servia de escola rural. Ali, com mais dois cadáveres de jovens guerrilheiros cubanos, Che passa sua última noite. É interogado pelo Tenente-Coronel Andrés Selich.
No dia 9 de outubro (exatamente a quarenta anos atrás) a ordem de La Paz chega por rádio. O General René Barrietos, presidente da Bolívia ordena que o executem. O agente da CIA, Félix Rodrigues ainda queria levá-lo para o Panamá, para poder interrogá-lo melhor, mas a ordem é simples e direta, execução. O sargento Mário Terán, disparou uma rajada de balas contra Che, quando ainda estava deitano no chão da escola. Morreu aos 39 anos. Levaram-no para Vallegrande, numa lavanderia de hospital o expuseram, tiraram várias fotos. Contaram suas mãos para examinar as digitais. Foi enterrado num lugar anônimo perto do aeroporto de Vallegrande, juntamente com mais sete pessoas. Durante 28 anos ninguém soube do paradeiro do corpo de Che. Somente em 1995, o general reformado Mario Vargas Salinas informou ao jornalista Jon Lee Anderson onde haviam enterrado o cadáver. Durante 2 anos, peritos argentinos e cubanos vaculharam a região para encontrar seu corpo. Até que em 1997, foram encontrados seus restos mortais. Foi recebido em Cuba, por Fidel com honras nacionais. Deixou a vida para se tornar herói Latino Americano, um verdadeiro mito.

quinta-feira, 15 de janeiro de 2009

CitaçÕes de Ídolo...


É o meu destino:Hoje devo morrer!
Mas nãoA força de vontade pode superar tudo!
Há obstáculos eu reconheço!
Não quero sair...
Se tenho que morrer, que seja nesta caverna "..."
Morrer, sim, mas crivado de balas, destroçado pelas baionetas
Uma recordação mais duradoura de que meu nome,
É lutar, morrer lutando.
Che Guevara
P.S. Não desistir do que se sonha é uma dádiva de homens de coragem. E coragem pra mim é enxergar a si e ao outro e não desistir de nenhum dos dois.

terça-feira, 13 de janeiro de 2009

A Bunda Dura


Tenho horror a mulher perfeitinha.Sabe aquele tipo que faz escova toda manhã, tá sempre na moda e é tão sorridente que parece garota-propaganda de processo de clareamento dentário?E, só pra piorar, tem a bunda dura!? Pois então, mulheres assim são um porre. Pior: são brochantes. Sou louco? Então tá, mas posso provar a minha tese. Quer ver?a - ESCOVA TODA MANHÃ: A fulana acorda as seis da matina pra deixar o cabelo parecido com o da Patrícia de Sabrit. Perde momentos imprescindíveis de rolamento na cama, encoxamento do namorado, pegação, pra encaixar- se no Padrão "Alisabel é que é legal". Burra.b - NA MODA: Estilo pessoal, pra ela, é o que aparece nos anúncios da Elle do mês. Você vê-la de shortinho, camiseta surrada e cabelo preso? JAMAIS. O que indica uma coisa: ela não vai querer ficar"desarrumada" nem enquanto tiver transando. É capaz até de fazer pose em busca do melhor ângulo perante o espelho do quarto. Credo.c - SORRISO INCESSANTE: Ela mora na vila do Smurfs? Tá fazendo treinamento pra Hebe? Sou antipática com orgulho - só sorrio para quem provoca meu sorriso. Não gostou? Problema seu. Isso se chama autenticidade, meu caro. Coisa que, pra perfeitinha, não existe. Aliás ela nem sabe o que a palavra significa, coitada.d - BUNDA DURA: As muito gostosas são muito chatas. Pra manter aquele corpão, comem alface e tomam isotônico (isso quando não enfiam o dedo na garganta pra se livrar das 2 calorias que ingeriram), portanto não vão acompanhá-lo nos pasteizinhos nem na porção de bolinho de arroz do sabadão.Bebida dá barriga e ela tem HORROR a qualquer carninha saindo da calça de cintura tão baixa que o cós acaba onde começa a pornografia: nada de tomar um bom vinho com você. Cerveja? Esquece! Melhor convidar o Jorjão.Pois é, ela é um tesão. Mas não curte sexo porque desglamouriza, se veste feito um manequim de vitrine do Iguatemi, acha inadmissível você apalpar a bunda dela em público, nunca toma porre e só sabe contar até quinze, que é até onde chega a seqüência de bíceps e tríceps.Que beleza de mulher. E você reparou naquela bunda? Meu Deus...Legal mesmo é mulher de verdade. E daí se ela tem celulite? O senso de humor compensa. Pode ter uns quilinhos a mais, mas é uma ótima companheira de bebedeira.Pode até ser meio mal educada quando você larga a cueca no meio da sala, mas adora sexo. Porque celulite, gordurinhas e desorganização têm solução (e, às vezes, nem chegam a ser um problema).Mas ainda não criaram um remédio pra futilidade. Nem pra dela, nem pra sua.
Arnaldo Jabor

Faxina na alma


Não importa onde você parou... em que momento da vida você cansou... Recomeçar é dar uma nova chance a si mesmo... é renovar as esperanças na vida e o mais importante... acreditar em você de novo. Sofreu muito nesse período? foi aprendizado... Chorou muito? foi limpeza da alma... Ficou com raiva das pessoas? foi para perdoá-las um dia... Sentiu-se só por diversas vezes? é porque fechaste a porta até para os anjos... Acreditou que tudo estava perdido? era o início da tua melhora... Pois é... agora é hora de reiniciar... de pensar na luz... de encontrar prazer nas coisas simples de novo. Um corte de cabelo arrojado... diferente? Um novo curso... ou aquele velho desejo de aprender pintar... desenhar... dominar o computador... ou qualquer outra coisa...

Olha quanto desafio... quanta coisa nova nesse mundão de meu Deus te esperando. Tá se sentindo sozinho? besteira... tem tanta gente que você afastou com o seu "período de isolamento"... tem tanta gente esperando apenas um sorriso teu para "chegar" perto de você. Quando nos trancamos na tristeza... nem nós mesmos nos suportamos... ficamos horríveis... o mal humor vai comendo nosso fígado... até a boca fica amarga. Recomeçar... hoje é um bom dia para começar novos desafios. Onde você quer chegar? ir alto... sonhe alto... queira o melhor do melhor... queira coisas boas para a vida... pensando assim trazemos prá nós aquilo que desejamos... se pensamos pequeno... coisas pequenas teremos... já se desejarmos fortemente o melhor e principalmente lutarmos pelo melhor... o melhor vai se instalar na nossa vida. E é hoje o dia da faxina mental... joga fora tudo que te prende ao passado... ao mundinho de coisas tristes... fotos... peças de roupa, papel de bala... ingressos de cinema... bilhetes de viagens... e toda aquela tranqueira que guardamos quando nos julgamos apaixonados... jogue tudo fora... mas, principalmente... esvazie seu coração... fique pronto para a vida... para um novo amor... Lembre-se somos apaixonáveis... somos sempre capazes de amar muitas e muitas vezes... afinal de contas... Nós somos o "Amor"... Porque somos do tamanho daquilo que vemos, e não do tamanho da nossa altura. Sempre vai existir um ser além de nós, e confia nele agora, que ele guiará os teus passos.

(Carlos Drummond Andrade)

segunda-feira, 12 de janeiro de 2009

MARTÍRIO


Beijar-te a fronte linda:
Beijar-te o aspecto altivo:
Beijar-te a tez morena:
Beijar-te o rir lascivo:
Beijar o ar, que aspiras:
Beijar o pó, que pisas:
Beijar a voz, que soltas:
Beijar a luz, que visas:
Sentir teus modos frios:
Sentir tua apatia:
Sentir até repúdio:
Sentir essa ironia:
Sentir que me resguardas:
Sentir que me arreceias:
Sentir que me repugnas:
Sentir que até me odeias:
Eis a descrença e crença,
Eis o absinto e a flor,
Eis o amor e o ódio,
Eis o prazer e a dor!
Eis o estertor de morte,
Eis o martírio eterno,Eis o ranger de dentes,
Eis o penar do inferno!
(Junqueira Freire)

domingo, 11 de janeiro de 2009

MOrte (Hora de Delírio)


Pensamento gentil de paz eterna
Amiga morte, vem.
Tu és o termo
De dous fantasmas que a existência formam,
— Dessa alma vã e desse corpo enfermo.
Pensamento gentil de paz eterna,
Amiga morte, vem.
Tu és o nada,
Tu és a ausência das moções da vida,do prazer que nos custa a dor passada.
Pensamento gentil de paz eterna
Amiga morte, vem.
Tu és apenasA visão mais real das que nos cercam,
Que nos extingues as visões terrenas.
Nunca temi tua destra,
Não vou o vulgo profano;
Nunca pensei que teu braço
Brande um punhal sobr'humano.
Nunca julguei-te em meus sonhos
Um esqueleto mirrado;
Nunca dei-te, pra voares,
Terrível ginete alado.Nunca te dei uma foice
Dura, fina e recurvada;
Nunca chamei-te inimiga,
Ímpia, cruel, ou culpada.
Amei-te sempre:
— pertencer-te quero
Para sempre também, amiga morte.
Quero o chão, quero a terra, - esse elemento
Que não se sente dos vaivens da sorte.
Para tua hecatombe de um segundo
Não falta alguém?
— Preencha-a comigo:
Leva-me à região da paz horrenda,
Leva-me ao nada, leva-me contigo.
Miríades de vermes lá me esperam
Para nascer de meu fermento ainda,
Para nutrir-se de meu suco impuro,
Talvez me espera uma plantinha linda.
Vermes que sobre podridões refervem,
Plantinha que a raiz meus ossos fera,
Em vós minha alma e sentimento e corpo
Irão em partes agregar-se à terra.
E depois nada mais.
Já não há tempo,nem vida, nem sentir, nem dor, nem gosto.
Agora o nada — esse real tão belo
Só nas terrenas vísceras deposto.
Facho que a morte ao lumiar apaga,
Foi essa alma fatal que nos aterra.
Consciência, razão, que nos afligem,
Deram em nada ao baquear em terra.
Única idéia mais real dos homens,
Morte feliz — eu quero-te comigo,
Leva-me à região da paz horrenda,
Leva-me ao nada, leva-me contigo.
Também desta vida à campa
Não transporto uma saudade.
Cerro meus olhos contente
Sem um ai de ansiedade.
E como um autômato infante
Que ainda não sabe mentir,Ao pé da morte querida
Hei de insensato sorrir.
Por minha face sinistra
Meu pranto não correrá.
Em meus olhos moribundos
Terrores ninguém lerá.
Não achei na terra amores
Que merecessem os meus.
Não tenho um ente no mundo
A quem diga o meu - adeus.
Não posso da vida à campa
Transportar uma saudade.
Cerro meus olhos contente
Sem um ai de ansiedade.
Por isso, ó morte, eu amo-te e não temo:
Por isso, ó morte, eu quero-te comigo.
Leva-me à região da paz horrenda,
Leva-me ao nada, leva-me contigo.
(Junqueira Freire)

sábado, 10 de janeiro de 2009

Clarice Lispector- "Onde estivestes de noite?"


É tão vasto o silêncio da noite na montanha. É tão despovoado. Tenta-se em vão trabalhar para não ouvi-lo, pensar depressa para disfarçá-lo. Ou inventar um programa, frágil ponto que mal nos liga ao subitamente improvável dia de amanhã. Como ultrapassar essa paz que nos espreita. Silêncio tão grande que o desespero tem pudor. Montanhas tão altas que o desespero tem pudor. Os ouvidos se afiam, a cabeça se inclina, o corpo todo escuta: nenhum rumor. Nenhum galo. Como estar ao alcance dessa profunda meditação do silêncio. Desse silêncio sem lembranças de palavras. Se és morte, como te alcançar. É um silêncio que não dorme: é insone: imóvel mas insone; e sem fantasmas. É terrível - sem nenhum fantasma. Inútil querer povoá-lo com a possibilidade de uma porta que se abra rangendo, de uma cortina que se abra e diga alguma coisa. Ele é vazio e sem promessa. Se ao menos houvesse o vento. Vento é ira, ira é a vida. Ou neve. Que é muda mas deixa rastro - tudo embranquece, as crianças riem, os passos rangem e marcam. Há uma continuidade que é a vida. Mas este silêncio não deixa provas. Não se pode falar do silêncio como se fala da neve. Não se pode dizer a ninguém como se diria da neve: sentiu o silêncio desta noite? Quem ouviu não diz. A noite desce com suas pequenas alegrias de quem acende lâmpadas com o cansaço que tanto justifica o dia. As crianças de Berna adormecem, fecham-se as últimas portas. As ruas brilham nas pedras do chão e brilham já vazias. E afinal apagam-se as luzes as mais distantes. Mas este primeiro silêncio ainda não é o silêncio. Que se espere, pois as folhas das árvores ainda se ajeitarão melhor, algum passo tardio talvez se ouça com esperança pelas escadas. Mas há um momento em que do corpo descansado se ergue o espírito atento, e da terra a lua alta. Então ele, o silêncio, aparece. O coração bate ao reconhecê-lo. Pode-se depressa pensar no dia que passou. Ou nos amigos que passaram e para sempre se perderam. Mas é inútil esquivar-se: há o silêncio. Mesmo o sofrimento pior, o da amizade perdida, é apenas fuga. Pois se no começo o silêncio parece aguardar uma resposta - como ardemos por ser chamados a responder - cedo se descobre que de ti ele nada exige, talvez apenas o teu silêncio. Quantas horas se perdem na escuridão supondo que o silêncio te julga - como esperamos em vão por ser julgados pelo Deus. Surgem as justificações, trágicas justificações forjadas, humildes desculpas até a indignidade. Tão suave é para o ser humano enfim mostrar sua indignidade e ser perdoado com a justificativa de que se é um ser humano humilhado de nascença. Até que se descobre - nem a sua indignidade ele quer. Ele é o silêncio.
Pode-se tentar enganá-lo também. Deixa-se como por acaso o livro de cabeceira cair no chão. Mas, horror - o livro cai dentro do silêncio e se perde na muda e parada voragem deste. E se um pássaro enlouquecido cantasse? Esperança inútil. O canto apenas atravessaria como uma leve flauta o silêncio. Então, se há coragem, não se luta mais. Entra-se nele, vai-se com ele, nós os únicos fantasmas de uma noite em Berna. Que se entre. Que não se espere o resto da escuridão diante dele, só ele próprio. Será como se estivéssemos num navio tão descomunalmente enorme que ignorássemos estar num navio. E este singrasse tão largamente que ignorássemos estar indo. Mais do que isso um homem não pode. Viver na orla da morte e das estrelas é vibração mais tensa do que as veias podem suportar. Não há sequer um filho de astro e de mulher como intermediário piedoso. O coração tem que se apresentar diante do nada sozinho e sozinho bater alto nas trevas. Só se sente nos ouvidos o próprio coração. Quando este se apresenta todo nu, nem é comunicação, é submissão. Pois nós não fomos feitos senão para o pequeno silêncio. Se não há coragem, que não se entre. Que se espere o resto da escuridão diante do silêncio, só os pés molhados pela espuma de algo que se espraia de dentro de nós. Que se espere. Um insolúvel pelo outro. Um ao lado do outro, duas coisas que não se vêem na escuridão. Que se espere. Não o fim do silêncio mas o auxílio bendito de um terceiro elemento, a luz da aurora. Depois nunca mais se esquece. Inútil até fugir para outra cidade. Pois quando menos se espera pode-se reconhecê-lo - de repente. Ao atravessar a rua no meio das buzinas dos carros. Entre uma gargalhada fantasmagórica e outra. Depois de uma palavra dita. Às vezes no próprio coração da palavra. Os ouvidos se assombram, o olhar se esgazeia - ei-lo. E dessa vez ele é fantasma.

sexta-feira, 9 de janeiro de 2009

ISTO (Fernando Pessoa)

Dizem que finjo ou minto
Tudo que escrevo.
Não.
Eu simplesmente sinto
Com a imaginação.
Não uso o coração.
Tudo o que sonho ou passo,
O que me falha ou finda,
É como que um terraço
Sobre outra coisa ainda.
Essa coisa é que é linda.
Por isso escrevo em meio
Do que não está de pé,
Livre do meu enleio,
Sério do que não é.
Sentir?
Sinta quem lê!

quinta-feira, 8 de janeiro de 2009

A mentira

É na faculdade de mentir, que caracteriza a maior parte dos homens actuais, que se baseia a civilização moderna. Ela firma-se, como tão claramente demonstrou Nordau, na mentira religiosa, na mentira política, na mentira económica, na mentira matrimonial, etc... A mentira formou este ser, único em todo o Universo: o homem antipático.Actualmente, a mentira chama-se utilitarismo, ordem social, senso prático; disfarçou-se nestes nomes, julgando assim passar incógnita. A máscara deu-lhe prestígio, tornando-a misteriosa, e portanto, respeitada. De forma que a mentira, como ordem social, pode praticar impunemente, todos os assassinatos; como utilitarismo, todos os roubos; como senso prático, todas as tolices e loucuras.A mentira reina sobre o mundo! Quase todos os homens são súbditos desta omnipotente Majestade. Derrubá-la do trono; arrancar-lhe das mãos o ceptro ensaguentado, é a obra bendita que o Povo, virgem de corpo e alma, vai realizando dia a dia, sob a direcção dos grandes mestres de obras, que se chamam Jesus, Buda, Pascal, Spartacus, Voltaire, Rousseau, Hugo, Zola, Tolstoi, Reclus, Bakounine, etc. etc. ...E os operários que têm trabalhado na obra da Justiça e do Bem, foram os párias da Índia, os escravos de Roma, os miseráveis do bairro de Santo António, os Gavroches, e os moujiks da Rússia nos tempos de hoje. Porque é que só a gente sincera, inculta e bárbara sabe realizar a obra que o génio anuncia? Que intimidade existirá entre Jesus e os rudes pescadores da Galileia? Entre S. Paulo e os escravos de Roma? Entre Danton e os famintos do bairro de Santo António? Entre os párias e Buda? Entre Tolstoi e os selvagens moujiks? A enxada será irmã da pena? A fome de pão paracer-se-à com a fome de luz?...
(Teixeira de Pascoaes, in "A Saudade e o Saudosismo" )

quarta-feira, 7 de janeiro de 2009

Sou fã *Carlos Drummond de Andrade*


Carlos Drummond de Andrade foi um poeta e prosador brasileiro nascido em Itabira, MG (1902) e no Rio de Janeiro, veio a falecer( 1987). Criador de poesias complexas e extremamente profundas e de múltiplas facetas: onde tinha a visão de um universo grotesco, a tristeza e horror à vida ( e quem não tem?!), o senso de solidariedade humana, a luta pela expressão. Em gênero mais leve, como a crônica, revela, ora com desencanto, ora com espírito satírico, minuciosa observação do quotidiano. Tem sido traduzido para várias línguas e reconhecido o seu valôr humano e poético.

terça-feira, 6 de janeiro de 2009

Leve como conhecimentO...


" No fim tu hás de ver que as coisas mais leves são as únicas que o vento não conseguiu levar:um estribilho antigoum carinho no momento precisoo folhear de um livro de poemaso cheiro que tinha um dia o próprio vento..."
Mário Quintana

domingo, 4 de janeiro de 2009

Por que Sorrir?!


Um sorriso não custa nada, mas cria muitas coisas.Dura só um momento, mas sua lembrança perdura pela vida a fora.Não se pode comprá-lo, mendigá-lo, pedi-lo emprestado ou roubá-lo.Não tem utilidade enquanto não é dado.E por isso se no seu caminho encontrares uma pessoapor demais cansado para lhe dar um sorriso, deixa-lhe o seu,pois ninguém precisa tanto de um sorriso quantoaquele que não tem mais um a oferecer.Seu sorriso será tão precioso para esta pessoaque no momento que ela receber ela sentirar a magiada felicidade incendiar o seu viver, e ela de gratidãolhe retornara um belo e meigo sorriso.Por isso minha querida amiga, conserve este brilhode alegria em seu rosto, pois mesmo que você nãoperceba através do seu sorriso, você transmite paraas pessoas que caminham ao seu lado forças, alegrias e coragem!
(Victor Sobrinho)

Vinicius de Moraes - Mulher de "PEIXES"


Mulher de peixe...peixe é...
Em águas paradas não dá pé
Porque desliza como a enguia
Sempre que entra numa fria.
Na superfície é sinhazinha
E festiva como a sardinha
Mas quando fisga um namorado
Ele está frito, escabechado.
É uma mulher tão envolvente
Que na questão do Paraíso
Há quem suspeite seriamente
Que ela era a mulher e a serpente.
Seu Id:
aparentar juízo
Seu Ego:
a omissão, o orgulho
Sua pedra astral:
a ametista
Seu bem:
nunca ser bagulho
Sua cor:
o amarelo brilhante
Seu fim:
dar sempre na vista

sexta-feira, 2 de janeiro de 2009

O FernandO...


Contemplo o lago mudo
Que uma brisa estremece.
Não sei se penso em tudo
Ou se tudo me esquece.
O lago nada me diz,
Não sinto a brisa mexê-lo
Não sei se sou feliz
Nem se desejo sê-lo.
Trémulos vincos risonhos
Na água adormecida.
Porque fiz eu dos sonhos
A minha única vida?"
(Fernando Pessoa)

quinta-feira, 1 de janeiro de 2009

Mudança...Feliz 2009!


“Mude, mas comece devagar, porque a direção é mais importante que a velocidade. Veja o mundo de outras perspectivas. Não faça do hábito um estilo de vida. Escolha comidas diferentes, novos temperos, novas cores, novas delícias. Tente o novo todo dia. Ame muito, cada vez mais, de modos diferentes. Mude. Lembre-se de que a Vida é uma só. Se você não encontrar razões para ser livre, invente-as. Seja criativo. Você certamente conhecerá coisas melhores e coisas piores do que as já conhecidas, mas não é isso o que importa. O mais importante é a mudança, o movimento, o dinamismo, a energia. Só o que está morto não muda!”.
(Clarice Lispecto)


Primeiro dia do ano e essa idéia me agrada. O ano de 2009 está recheado de planos e desejo de concretizá-los. Ano de formatura de por em prática o que se aprendeu e o que não se teve ainda como aprender. A pratica irá me dizer um pouco mais afinal estarei saindo das muralhas do estágio para a pratica do real. Estou também com projeto de resolver coisas que não tive como resolver esse ano que passou. No amor que venha as boas vibrações eu estou a esperá-las e agradeço a Deus por iniciar o ano sendo amada por você. No mais, confio nas promessas de Deus para minha vida e por isso recebo o ano de 2009 com o coração aberto as mudanças.


Dar-vos-ei coração novo e porei dentro de vós espírito novo; tirarei de vós o coração de pedra e vos darei coração de carne. Porei dentro de vós o meu Espírito e farei que andeis nos meus estatutos, guardeis os meus juízos e os observeis. (Ez 36:26,27).

BeijOOOOOs Agri!!!!